Nas datas acima indicadas, no prédio da Faculdade de Direito da prestigiada Universidade Federal da Bahia, e sob a perfeita direção do catedrático Professor Dr. Wilson Alves de Souza, levou-se adiante este interessantíssimo evento, com a presença de pesquisadores do Brasil e da Argentina, convidados especialmente.

Tratou-se de três professores do Doutorado da Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires, cujo corpo docente também integra o Dr. Wilson. Foram eles os Doutores Marta Biagi, Andrea Laura Gastron e Ricardo Rabinovich-Berkman (diretor, aliás, da revista PERSONA).

A fecunda idéia foi a abordagem, desde uma ótica interdisciplinar e crítica, da questão sempre atual do acesso à justiça.

 Não poderia assombrar ninguém o fato de que, no povoado e imponente salão, onde se misturavam destacados professores da renomada Casa de Estudos baiana com atentos estudantes de graduação e pós-graduação, destacasse um nutrido grupo de alunos da Modalidade Intensiva do Doutorado da Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires.

Acontece, com efeito, que os Doutores Wilson Alves de Souza, Marta Biagi, Andrea Gastron e Ricardo Rabinovich-Berkman são justamente docentes nela (sendo este último professor quem a dirige).

O momento mais emotivo do evento foi a homenagem prestada pelo Dr. Wilson Alves de Souza (que é também um importante Juiz Federal da Bahia) ao Professor Emérito Washington Luiz da Trindade.

Com mais de oitenta anos, e uma portentosa lucidez juvenil, o homenageado recebeu, ostentando um sorriso feliz, as palavras cheias de afeto sincero do seu discípulo, que esteve à beira das lágrimas, e os aplausos fechados do público em pé, a reconhecer um homem emblemático da dedicação à ciência jurídica e à doce tarefa das aulas.

Trás ter escutado estoicamente os elogios do Dr. Souza e o entusiasta clamor dos assistentes, com tranqüilidade incrível, o velho e nobre professor tomou a palavra, e proferiu brilhante palestra sobre o tema "A desestatização das relações de trabalho e o monopólio estatal da jurisdição: A eficácia do Teorema de Harold Laski".

Com sua clareza cristalina e seu humor impecável, somados a um nível de conhecimentos digno de inveja, o jurista homenageado mostrou como merecia aqueles lauréis.

Exclamações admiradas surgiram do auditório quando, trás ter o Dr. Washington começado a ler em uns papeis sua conferência, parou, tomou ar, tirou os óculos, e olhando ao público exclamou: "A verdade é que eu prefiro falar sem ler".

A melhor parte da palestra seguiu então!

Retirou-se depois o mestre Washington Luiz da Trindade, levado do braço pelo Dr. Rabinovich-Berkman (que palestrou a continuação), no meio dos aplausos ensurdecedores do público.

A revista PERSONA não pode senão somar-se a esta tão justa distinção, por cuja iniciativa parabeniza o Professor Doutor Wilson Alves de Souza, a Universidade Federal da Bahia e a Fundação Faculdade de Direito de Bahia.

A docência é a grande e essencial coluna que constrói o porvir dos povos. Os bons educadores são os maiores arquitetos da paz. Toda homenagem é pouca para eles.