Carvalho Canezin, Claudete (Coordenadora)

Arte Jurídica

Curitiba, Juruá, 2005


            A interessantíssima coletânea intitulada “Arte jurídica” tem já três volumes em existência. O nome escolhido, por si só, basta para despertar as simpatias dos que amamos o direito romano, pois traz as reminiscências da “elegante” definição de Celso que Ulpiano recorda no Livro I do Digesto: “ius est ars boni et aequi”. E a entidade científica da Coordenadora da obra, a destacada Professora Mestre Claudete Carvalho Canezin, resulta a melhor das publicidades.

            Arte jurídica reúne os trabalhos científicos gerados no Programa de Pós-Graduação em Direito Civil e Processo Civil da Universidade Estadual de Londrina, tanto por parte dos professores quanto dos alunos. Como era natural, Claudete Canezin assumiu a coordenação da coletânea em conseqüência de ser também a Coordenadora da referida carreira.

            A temática tratada é variada, desde que os diversos autores publicam trabalhos completamente diversos em assunto. Entre as questões estudadas há muitas de interesse para os direitos existenciais, tal como o Ensaio sobre a dignidade da pessoa humana, de Adiloar Franco Zemunner, ou o artigo de Artur César de Souza sob A perspectiva filosófica de Emmanuel Lévinas e sua influência na ética da libertação.

            Tenho o prazer de conhecer à Professora Canezin (que hoje não duvido em chamar de amiga) porque ela já foi minha aluna nos cursos do Doutorado da Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires. Sabendo da sua qualidade acadêmica e humana, mal poderia ter-me assombrado o alto nível que esta biblioteca tem.

Nascida no berço de um curso de pós-graduação, muito além daqueles limites originais projeta-se hoje esta atrativa coletânea, de leitura absolutamente recomendável. RR-B